Sergio Areias - Acupuntura, Quiropraxia e Radiestesia

A ORIGEM DA RADIESTESIA

Ciência oriunda da antiga Rabdomancia (palavra de origem grega – rhabdos –vara, manteia – adivinhação) que em princípio era usada na procura de água e jazidas minerais, através de uma forquilha confeccionada de galho de árvore.

No final do século XVIII, apesar de inúmeras referências de povos antigos no uso de instrumentos parecidos, reafirma-se como principal instrumento radiestésico , o pêndulo.

Em 1892 o Abade Alexis Bouly criou o termo Radiestesia (do latim radium = raio, e do grego aesthesis = sensação) com o qual apresentou seus trabalhos no "I Congresso Internacional de Radbomantes", em Paris (1913).

O QUE É RADIESTESIA?

A Radiestesia detecta as tendências predisponentes a determinados desequilíbrios , e quer dizer literalmente – sensibilidade às radiações.

Segundo um radiestesista inglês chamado Malcon Rae, a radiestesia faz uso da faculdade supra-sensorial do tato. As respostas se originam do inconsciente ou subconsciente do próprio operador. O pêndulo e outros instrumentos radiestésicos servem , através de movimentos pré - definidos, de tradutores do inconsciente.

O radiestesista pode ser considerado como um sensibilíssimo ressonador – oscilador capaz de funcionar em variadíssimas faixas energéticas emanadas tanto do Macrocosmo quanto do Microcosmo.

Em princípio, a Radiestesia não necessita nenhum tipo de evocação ou invocação espiritual, meditação, mentalização, ritual ou temores; mas sim de trabalho, pesquisa e prudência.

RADIESTESIA DE ONDAS DE FORMA

Prática radiestésica associada ao fenômeno de emissão devidas às formas, introduzida por pesquisadores franceses na década de 30.

RADIESTESIA NO BRASIL

Fundada em 03 de fevereiro de 1.998, pelo Dr. Wu Tou Kuang pelo Sr. Sergio Ricardo Areias (atual presidente), e profissionais liberais, entre eles geólogos e médicos a ABRAD - Associação Brasileira de Radiestesia e Radiônica, visa incrementar, divulgar e sistematizar as práticas e os conhecimentos desta ciência tão usada em países da Europa e Estados Unidos.

Já publicou 3 códigos de ética, promoveu diversos congressos, inclusive dois com amplitude internacional.